sábado, 25 de agosto de 2018

GOSE E GUEUZE... TUDO A MESMA COISA??



Primeiramente, vamos explicar o que todo mundo fica apanhando: COMO PRONUNCIA ESSA *&$#@#% DESSES NOMES.
Então vamos lá:

Gose: de origem germânica, se pronuncia GÔZEah
Gueuze: de origem belga, se pronuncia GÛZZ. Às vezes também é chamada de "Brussels Champagne"

Espero ter ajudado. 👲

Pois bem.
A Gueuze, é uma cerveja do tipo lambic, que é feita com fermentação espontânea, utilizando leveduras selvagens provenientes do ar. Um blend (na minha época chamava rabo-de-galo) é feito entre uma lambic velha e uma nova, assim os açúcares da nova são consumidos pela cultura de leveduras da antiga. Ela é bem ácida (sour) e refrescante. Muito carbonatada. Aos marinheiros de primeira viagem, pode parecer estranha, pois ela é muito diferente das cervejas comuns. Geralmente têm aroma cítrico, mas com alguma coisa de terroso, algo que lembra couro, mato seco e, em alguns casos, suor de égua.

Resultado de imagem para gueuze
Figura 1: Frank Boon, tem sua fábrica em Lembeek, na Bélgica. Possivelmente o nome Lambic vem daí.

Já a dona Gose, é uma cerveja de trigo também muito carbonatada e frutada. Porém, ela tém um baixo amargor, azedinha (devido ao ácido láctio) um gostinho de sal e coentro e nenhuma percepção de lúpulo (o que também se aplica à gueuze). É uma variação da Berliner Weiss, que foi apresentada ao mundo após a queda do muro de Berlim. Seu nome está relacionado à cidade onde foi produzida inicialmente: Goslar, mas hoje está muito mais associada à cidade de Leipzig, onde sua produção foi popularizada.
Vai muito bem com um queijinho. Palavra de mineiro! hahhaha
Recentemente, as cervejarias Verace e Overhop se uniram e fizeram a Kalter Atem: uma Contemporary-Stule Gose, com adição de suco de limão Taiti.


Figura 2: Bayerischer Bahnhof é um exemplo clássico de Gose.
Não são filtradas e levam o lúpulo Elbe-Saale da região de Leipziger.

Agradecimento especial

Gostaria de agradecer ao meu amigo Edinho Nunes que me incentivou a retomar as publicações deste blog. Obrigado meu amigão! É de incentivos como esse que eu preciso!



Inspirado na publicação:
https://www.foodandwine.com/beer/the-difference-between-gose-and-gueuze
Referência Bibliográficas:
Eyewitness Companions: Beer - JACKSON, Michael (2007)
Guia de estilos BJCP (2015)

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Protótipo Bar - 1 Ano

É minha gente!
O tempo passa, o tempo voa...
E a cerveja no Protótipo continua numa boa!!!

Resultado de imagem para beer candle

O nosso querido Protótipo Bar está completando um aninho de muita cerveja boa e alegria!
E pra comemorar a primeira  velinha  soprada, nada melhor que lançar uma cerveja própria, né?

Ah... mas eu já bebi a Santê... ela é ótima! Mas não é lançamento, né?

Calma jovem!!! A Santê é mesmo muito boa!!! Mas estou falando de uma nova novidade do verão desse inverno! É a DESMEDIDA! Uma APA com a "sustânça" de um único lúpulo - em quantidade cavalar - que promete dar o que falar (e beber).
Ela foi produzida na cervejaria Küd em parceria com o sr. João de Gusmão (o cara dos prêmios), terá edição limitada e será servida apenas on tap.

Nossa!!! Me fala aí quando vou poder provar essa maravilha????

Muito simples: Que tal hoje? Ótimo né? Mas corra antes que acabe!!!

E as novidades não param por aí! A quantidade de torneiras aumentou de 3 para 6!!! Tudo isso somado aos cerca de 200 rótulos de cervejas artesanais do Brasil e do mundo!!!

Bom né!!

Um brinde aos parceiros Lucas Zacharias e Angelo Gabriel que materializaram a ideia desse bar que tem sido referência de boa cerveja e uma gastronomia fantástica!!!
Parabéns, meus brothers!!! Vocês são demais!!! Graças a vocês, fiz grandes amigos no Protótipo e de quebra provei muitas das melhores cervejas que bebi na vida!



Localizado em um descolado terraço de uma galeria no bairro Santa Tereza (rua Professor Galba Veloso, 2062º andar), o bar é especializado em cervejas artesanais e conta com uma variedade gastronômica que inclui porções, burguers e grelhados -  tudo acompanhado de molhos especiais com receitas próprias da casa. Com cerca de 200 rótulos de cerveja disponíveis, a casa atrai os amantes boêmios em todas as noites de BH. O Protótipo Bar funciona de 18 horas à meia noite durante a semana e nos finais de semana a partir das 16 horas.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Curso básico para leigos

Olá amigos confrades.
Boa vida!


    Essa semana tive o prazer de inaugurar o curso básico da cerveja artesanal/especial para leigos.

    A primeira turma foi do SOS Goró. O intuito da distribuidora localizada na Rua Rio Grande do Norte, 1077 era de fazer com que seus colaboradores pudessem entender um pouco mais da história da cerveja, dos tipos e de como avaliá-las para, assim, terem melhores argumentações e sugestões para seus clientes.

    A aula passou pelo surgimento da cerveja, os primeiros registros, sua evolução e difusão pelo mundo dentre alguns detalhes de classificação e métodos de produção.
    Por fim a turma fez uma deliciosa degustação com alguns dos exemplares de cada escola (Alemã, Belga, Inglesa e Estadunidense).


    O retorno foi bastante positivo e o pessoal, que antes não conseguia distinguir os tipos de cerveja, hoje já estão até fazendo seu hanking pessoal hehehehe.


     E então? Achou legal? Não gostou? Ficou interessado? Deixe aqui seu recadinho! ;)

terça-feira, 28 de março de 2017

Só umas fotinhas...

FÓTAS!!!

Boa noite pessoal!!!

Hoje resolvi escrever pouco e mostrar mais!

Abaixo seguem algumas das cervejas que tive o prazer de experimentar!
Indico cada uma delas!!!
Quem quiser informações mais específicas sobre elas é só comentar no post que eu respondo com o maior prazer!

FELIZ FELICIDADEEE!!! UHUUUU!!

segunda-feira, 20 de março de 2017

Saint Patrick's Day - O Patrício


St Patrick's Day

Saint Patrick's day ou Dia de São Patrício é comemorado anualmente em todo o mundo, mas teve sua origem na Irlanda, em homenagem ao santo que faleceu no dia 17 de março de 461 d.C.
São Patrício foi um missionário cristão e é o padroeiro da Irlanda. Ele é associado à imagem de um trevo de três folhas devido à sua didática de ensinar a santíssima trindade utilizando cada uma das folhas do trevo.
 

Aí você se pergunta: O que tem a ver a cerveja verde?
Pois bem. Em uma revolução em 1641 onde donos de terras se rebelaram contra o autoritarismo do rei James I, os protestantes usaram a cor verde. Mais tarde, em 1790, a cor verde foi quem estampou o peito de quem, impulsionados pela revolução francesa e a guerra civil estadunidense, clamava por uma república Irlandesa.
Já em meados do século XIX, milhões de imigrantes irlandeses carregavam o manto verde mundo afora, principalmente nos EUA, espalhando pelo mundo a tradição do verde e, juntamente, da celebração do dia de São Patrício.

A Cerveja

São Patrício era (e é) o padroeiro da Irlanda em 1800 quando da unificação dos reinos da Grã Bretanha. No dia 17 de março se celebra o dia em sua homenagem.
Como este é o principal feriado nacional da Irlanda e os irlandeses amam a cerveja, a tradição na festa de se tomar rios de cerveja é inevitável.
Como um toque especial, os irlandeses se pintam de verde, usam roupas e chapéus verdes, chegam a tingir os rios e ribeirões de verde e, é claro, tomam cerveja verde! Então, como dizem os irlandeses: sláinte!
Foto: Parada de Saint Patrick's Day em Dublin, Irlanda.
Gostou desse post? Tem alguma dúvida, reclamação, sugestão ou elogio? Deixe aqui seu comentário e retornaremos o mais breve possível.
Ah! Não esqueça de seguir-nos também!
Obrigado e volte sempre!
AGRADECIMENTO ESPECIAL À MARI VARGAS PELA SUGESTÃO E REVISÃO DO POST, ALÉM DE TODO O INCENTIVO DADO AO DEBAIXO DA TAMPA.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Qual é a sua?


Cheers, friends!


Me conta aí: Qual é a sua:


Preta, clara, turva, verde...
Alguns gostam mais leve, outros mais doce, outros mais amarga, outros mais "queimada"... Mas todos amam a nobre cerveja!
No entanto, cada um ou dois estilos preferidos...
E você? Qual seu estilo preferido de cerveja? Pilsen? Stout? Ipa? Trippel? Weiss?

E aí? Qual é a sua?

terça-feira, 14 de março de 2017

Carnaval 2017

Carnaval BH

O carnaval de BH antigamente era MORTO.

Você vagava pela cidade como se fosse uma cidade fantasma. Todo mundo ia pra praia ou passeava entre as cidades vizinhas à BH, como Sabará, Nova Lima, Rio Acima, Bonfim, Ouro Preto e (um pouco mais longe) Diamantina.

Outra opção era ficar na capital pra ver os desfiles de escola de samba, que tinham qualidade, mas pouquíssimo público... Lastimável...


Foto: Carnaval Sabará 2009 | Fonte: youtube.com

Mas com o decorrer dos anos, essa "tradição" mudou. Com a falta de grana de muitos e a criatividade inerente a todo brasileiro, alguns bloquinhos foram surgindo e, em apenas dois anos, o carnaval de Belo Horizonte passou de embrião para adolescente e, em outros 3, já pode se considerar adulto.

Em 2017 foram registrados mais de 360 (TREZENTOS E SESSENTA) blocos. Acho que antes não ficavam 360 pessoas na cidade... hahaha

E pra consagrar a festa, o bloco "Me Beija Que Sou Cervejeiro" fez as honras de nós, CERVEJEIROS!!! Com vários rótulos e sabores das cervejas mineiras.!!!

Mas o importante é o que importa! Muita gente se divertiu... Muitos turistas vieram... Muitos nativos permaneceram na cidade... E essa brincadeira de bloquinho está se tornando cada vez mais séria e bacana.


Foto: Carnaval BH 2017 | Fonte: Belotur

E aí? Você tem fotos ou uma história pitoresca do carnaval 2017? Manda pra gente no debaixodatampa@gmail.com

Debaixo da Tampa™ desde 2017